Motorista de aplicativo na Bélgica

Tudo o que você precisa saber para ganhar um $ extra.

Dia após dia, o número de novos candidatos a motorista cadastrados nas plataformas digitais aumenta. O trabalho não formal é a saída que muitas pessoas encontram para garantir a renda extra ou a renda principal da família.

Essa situação não é diferente no continente europeu, especialmente para os imigrantes que enfrentam várias barreiras para entrarem no mercado de trabalho na Bélgica.

Se você também está cogitando ter uma renda extra como motorista, veja abaixo tudo o que você precisa para se formalizar como motorista de aplicativo na Bélgica:

Para começar, o candidato deve escolher um aplicativo. Embora as exigências legais sejam as mesmas para todo o país, cada aplicativo terá um requisito específico, como modelo de carro, ano de fabricação e tipo de placa.

O passo seguinte é garantir o VAT Number, equivalente ao MEI no Brasil, como trabalhador independente ou como empresa de transporte de pessoas.

Ter a licença LVC para transporte de passageiros. Essa licença possui custos e regras de adesão diferentes para as regiões de Flandres, Bruxelas-Capital e Valônia.

O carro deve estar registrado no nome que consta no VAT Number, empresarial ou do trabalhador independente.

O seguro de passageiros específico para esse tipo de trabalho. Ainda, algumas seguradoras podem exigir um histórico de acidentes dos últimos 5 anos.

A inspeção do carro, novo ou não, deve ser feita a cada 6 meses.

Por último, a permissão para dirigir. Para quem possui CNH brasileira, basta se dirigir à commune e solicitar a permissão belga para dirigir. Os prazos e documentos exigidos podem ser consultados no site www.belgium.be

Ainda, se você deseja trabalhar para empresas de transporte, a documentação mínima exigida é ID-Card, que é o documento de identificação nacional, registro criminal e atestado médico para motorista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.